All for Joomla The Word of Web Design

A primeira coisa que você precisa saber sobre posicionamento é: não importa como você se coloca no mercado mas sim como seus leitores ou clientes enxergam você!

De nada adianta afirmar que você tem o melhor blog de culinária, por exemplo, se seus leitores sequer consideram seu trabalho como algo relevante em seu nicho.

estratégia de posicionamento perfeita é aquela onde a imagem que você deseja ter perante seu leitor/consumidor é passada com clareza a ponto do seu público concordar com você no que diz à respeito de sua marca.

Sabe quando seu posicionamento no mercado está sendo bem sucedido? Seja no mercado B2C ou B2B?

Quando seus clientes, potenciais consumidores e leitores sabem exatamente aquilo que diferencia você dos demais players do mercado.

Posicionamento é a promessa na mente do consumidor

Cena clássica: você vai a um restaurante e pede uma Coca-Cola. O garçom, um pouco sem graça, pergunta: só tem Pepsi, pode ser?

A Pepsi, consciente de que esse é o comportamento normal do brasileiro em relação à sua marca, optou por uma mudança em seu posicionamento.

Ao invés de insistir em derrubar a Coca Cola do primeiro lugar afirmando ser melhor, convidou os consumidores a experimentarem seu refrigerante quando não tiveram Coca Cola à sua disposição.

“Experimenta, pode ser que você ache melhor…”

Ao invés de tentar ocupar o lugar na rotina dos consumidores, a Pepsi se posicionou como sendo a melhor segunda opção do mercado.

E com esse posicionamento bem definido, trabalha com preços mais baratos e muitas promoções, aumentando assim sua participação no mercado.

Ao aproveitar-se de uma imagem já estabelecida na mente do consumidor, a marca de refrigerantes conseguiu aumentar suas vendas.

E certamente têm sido mais lembrada por seu público-alvo.

Mas e o que o posicionamento da Pepsi tem a ver com blogs e sites?

Tudo!

Se você quer ser lembrado em seu nicho, ter um blog memorável para seus leitores e ocupar um lugar que nenhum concorrente seu poderá roubar, escolher sua estratégia de posicionamento é sua obrigação.

A melhor forma de fazer isso? Através da produção conteúdo memorável

Portanto, continue lendo este artigo, onde vamos ensinar você, com um passo a passo, a montar a sua estratégia de posicionamento e assim disparar na frente da concorrência.

Neste artigo vamos aprender mais sobre:

ÍNDICE DE CONTEÚDO
  • Posicionamento: por que você precisa saber o lugar que quer ocupar
  • Segmentação: um bom começo para entender sua audiência
  • Por que você deve apostar em nichos de mercado
  • Mas, afinal de contas, quem é seu público-alvo?
  • Por que ser diferente e não o melhor: a batalha pela diferenciação
  • Posicionamento estratégico através do Marketing de Conteúdo

Posicionamento: por que você precisa saber o lugar que quer ocupar

Espero que você não tenha ficado com a impressão de que a escolha do seu posicionamento está nas mãos do cliente e não nas suas.

A imagem do seu blog/site vai ser formada na mente do seu leitor a partir da mensagem que você transmitir, seja através de seus conteúdos, seja por sua imagem pessoal ou até mesmo pelos elementos visuais que compõem sua marca, como o logo, as cores e o template do seu blog.

Portanto, não use essa informação como desculpa para se apresentar para o mercado de qualquer maneira.

Faça isso e você terá uma audiência próxima a zero.

Tenha clareza sobre como você quer que seu blog seja percebido pelo seu público.

Mas, e como escolher o lugar que você vai ocupar no mercado?

Guarde esse simples conceito:

Posicionamento= Segmentação + Diferenciação

Antes de pensar no posicionamento ideal, precisamos segmentar o público que desejamos atingir.

Segmentação: um bom começo para entender sua audiência

Posicionamento-01

Segundo um dos maiores nomes do marketing, Philip Kotler, o conceito de segmentação é:

Identificar e traçar o perfil de grupos distintos de compradores que diferem em suas necessidades e preferências

Seu blog ou site não será capaz de produzir um tipo de conteúdo que atenda às expectativas de todos os leitores pertencentes a grupos diferentes entre si.

Escrever sobre relacionamentos e esperar, com o mesmo conteúdo e a mesma linguagem, atingir tanto senhoras idosas quanto garotos adolescentes é, simplesmente utopia.

Você pode usar os seguintes critérios de segmentação para sua audiência:

  • Segmentação geográfica: seu público está no Brasil? Em que estado? Cidade? Ou até mesmo apenas em um bairro?
  • Segmentação demográfica: inclui características como idade, sexo, classe social, profissão, grau de instrução, religião, raça, nacionalidade e tamanho da família;
  • Segmentação psicográfica: como é o estilo de vida, a personalidade e valores das pessoas com quem você vai se comunicar. Muitas vezes dentro de uma segmentação demográfica encontramos diversas subdivisões por características;
  • Segmentação comportamental: relacionados ao comportamento com relação a um produto ou a seu conteúdo. O quanto seu público conhece do assunto que você escreve, onde procuram por essas informações conhecimentos, sua atitude, uso e resposta a um produto ou serviço.

A segmentação é uma boa maneira de começar a desenhar o público com quem você deseja se conectar.

No entanto se você deseja fazer sucesso em um mercado extremamente competitivo, o segredo é procurar seu lugar em um nicho de mercado.

Por que você deve apostar em nichos de mercado

Posicionamento-07

Em geral, para identificar um nicho de mercado, um segmento é dividido em um ou vários sub-segmentos, com indivíduos que possuem necessidades e desejos bastante semelhantes entre si mas diferentes dos demais segmentos ou nichos.

Como isso se aplica para quem está pensando em ter ou já possui um blog um site?

Para você transformar seu blog em um negócio lucrativo, com uma renda crescente caindo todo mês em sua conta, e até mesmo trabalhar em casa, você precisa ter a clareza do assunto sobre o qual irá produzir conteúdo.

Você pode gostar de futebol, viagens, gastronomia e moda, mas ao decidir escrever sobre todos esses assuntos, no mesmo espaço, você acaba afastando aquele leitor que está mais interessado em algum conteúdo específico.

E que não está disposto a consumir outros materiais fora de seu interesse pessoal. Além de causar uma confusão em sua audiência.

Afinal, esse blog é sobre o quê mesmo?

Em outras palavras, você precisa definir em que nicho de mercado pretende atuar.

E não me refiro somente à escolher um grande mercado de massa, como Finanças ou Relacionamentos.

Essa não é uma estratégia muito inteligente para quem está começando seu negócio online agora, especialmente em um mercado com muitos concorrentes já estabelecidos.

Seja honesto(a): qual a chance de você se destacar em um território tão amplo? E quanto mais abrangente, mais concorrentes.

Você precisa escolher um nicho ou pedaço desse grande mercado, se quiser ser bem sucedido.

Automaticamente, com menos blogs ou sites suprindo a necessidade de conteúdo de um nicho, as chances de você se tornar conhecido por seu trabalho são muito maiores.

Se você conhece bem seu público, maiores são as chances de você criar uma oferta criativa e inovadora que seja irresistível para sua audiência.

Mas isso não significa que um nicho de mercado muito pequeno seja uma boa escolha.

Pelo contrário.

Se não há muitos negócios, ou até mesmo nenhum, neste nicho as chances dele não ser lucrativo são muito altas.

Grandes (e competitivos!) mercados facilmente suportam milhares e milhares de empreendedores.

Se você ainda precisa se convencer que a melhor coisa que você pode fazer por seu blog, site ou negócio é escolher um nicho de mercado, vou te apresentar mais alguns argumentos matadores:

  • Mesmo os nichos “mais concorridos” possuem um nível de concorrência muito menor se comparados ao mercado de massa. Além disso, a entrada de outros concorrentes acontece de forma mais lenta;
  • Como geralmente não existem tantos outros blogs no mesmo nicho, os leitores tendem a desenvolver um relacionamento mais próximo com você;
  • Os clientes estão mais dispostos a pagar preços mais altos por seus produtos, o que certamente aumentará seus lucros;
  • Por focar em assuntos relacionados, você automaticamente aprenderá mais sobre o assunto de seu nicho e tem mais chances de virar uma autoridade/celebridade;

Quais os maiores e melhores nichos de mercado

Posicionamento-02

Um nicho de mercado é uma fatia de um grande mercado, em que as pessoas que o compõem apresentam um mesmo problema ou problemas em comum.

Vamos supor que você está empolgado para começar a escrever sobre saúde.

Já identificou o enorme interesse das pessoas no assunto e acha que essa pode ser a aposta mais certeira para o sucesso.

O único porém é, esse é uma indústria multi-milionária e com competidores de peso disputando seu espaço.

Nada fácil entrar em um cenário desses e esperar virar o próximo caso de sucesso.

Não que não possa acontecer, mas seria muito mais difícil.

Ao invés disso, se você escolhe falar sobre cuidados com a saúde para idosos diabéticos, as chances de sucesso são bem maiores (desde que haja um público interessado nesse nicho).

Os maiores mercados e seus respectivos nichos são esses:

  • Relacionamentos: paquera, conquista, consertar relacionamentos, conhecer pessoas online,divórcio, vida sexual e outros
  • Desenvolvimento pessoal: produtividade, motivação e propósito, depressão,etc.
  • Saúde e boa forma: dietas para perder peso, dietas específicas (paleo, LCHF), como ganhar peso, ganhar massa magra, praticar exercícios etc.
  • Finanças: como investir, como ganhar dinheiro na internet, trabalhar em casa, mercados lucrativos e mais.
  • Esportes: futebol, artes marciais, vólei, basquete, spinning, boxe, e uma grande variedade.

Quanto mais específico um nicho, maior as chances de sucesso. Vamos a alguns exemplos de nichos bem procurados em pesquisas na internet:

  1. Diabetes
  2. Depressão
  3. Fotogragfia
  4. Artesanato
  5. Dieta livre de Glúten
  6. Perda de peso
  7. Antiguidades
  8. Mergulho
  9. Decoração de bolos
  10. Treinamento para cachorros
  11. Carros antigos
  12. Presentes para bebês
  13. Aulas de piano
  14. Falcoaria
  15. Pesca
  16. Design de joias
  17. Casamentos
  18. Yoga
  19. Xadrez
  20. Teatro

Você certamente encontrará o nicho ou até mesmo um sub-nicho de mercado perfeito para seu blog/site, onde poderá começar a ganhar dinheiro online.

Mas, como fazer isso?

Como escolher o seu nicho de mercado

Antes de investir tempo, energia e até mesmo dinheiro em um negócio, site ou blog, se faça algumas perguntas:

  • O quanto você conhece sobre o mercado que deseja atuar?
  • Esse assunto/nicho é sua paixão? Está ligado a seu propósito?Ou apenas um interesse passageiro e recente?
  • Você está neste nicho ou pensando em entrar, apenas porque é um mercado lucrativo?

Lembre-se que: para ser bem sucedido em um nicho de mercado é preciso muita dedicação e esforço.

Será que apenas a motivação financeira será o suficiente para que você mantenha o mesmo nível de energia do começo da jornada?

Claro, é possível, mas a paixão é o grande fator motivacional para que você produza conteúdos épicos para sua audiência.

Além da paixão, você pode optar por escrever sobre seus maiores medos e como fez para superá-los para que seus leitores também consigam ou oferecer soluções para os maiores problemas do seu público-alvo.

Se você pretende ser uma autoridade e conquistar o sucesso com seu blog ou site, precisa dominar a arte da persuasão e aumentar seu poder de influenciar pessoas. Saiba mais sobre esse assunto neste artigo.

Resumindo, o seu nicho de mercado ideal reúne:

  • Paixão;
  • Solução de problemas;
  • Caça a medos comuns;
  • Competências pessoais;
  • Nicho relevante e com bom número de concorrentes.

De verdade, espero que você tenha se convencido a escolher um nicho de mercado.

Acesse este artigo para aprender um passo a passo descomplicado para identificar se seu nicho de mercado é realmente lucrativo e promissor.

Até já apresentei alguns dos nichos de mercado mais rentáveis.

Porém, você sabe quem é o potencial consumidor do seu nicho?

Mas, afinal de contas, quem é seu público-alvo?

Posicionamento-03

Seus leitores não são iguais aos leitores de outros blogs.

Então, porque você deveria produzir um conteúdo igual para todos? Tentar atender a todas as necessidades e desejos?

Mas você sabe quem é o seu “público-alvo”? Aquele grupo de pessoas com características parecidas e que possivelmente consumiriam seu conteúdo?

Um bom exemplo de público-alvo:

“Homens, entre 40 e 50 anos, moradores da região Norte e Nordeste e com média de salário de 2 mil reais.”

Esse pode ser seu público. Um grupo que já está segmentado por critérios demográficos e geográficos.

Mas isso é suficiente para que você saiba, com segurança, o tipo de conteúdo que esses homens desejariam consumir? Qual o assunto de seu interesse, qual a melhor maneira de se comunicar com esse segmento.

É um começo, mas ainda vago…

E se você imaginasse “o cliente perfeito“, que se identifica com você e sua marca e que gosta de consumir aquilo que você produz. Já pensou como ele seria?

Que tal começar a pensar na definição de um “avatar” para seu blog/site?

O avatar não é uma pessoa real, mas sim um conceito. A reunião de várias características de um segmento ou nicho em uma descrição do cliente ideal.

Responda algumas dessas perguntas para começar a definir quem é seu público-alvo:

  • Onde mora? Detalhe país, estado, cidade e até bairro;
  • Quantos anos ele(a) tem?
  • Sexo;
  • Classe social;
  • Grau de instrução;
  • Renda;
  • É casado(a)? Tem filhos?

Como se comporta?

  • Pratica esportes? É sedentário?
  • Tem o hábito de ler?
  • Viaja para o exterior?Não viaja?
  • Religioso? Ateu?
  • Qual tipo de assunto procura em buscas na internet?
  • Qual o nível de conhecimento ele(a) tem do mercado em que atuo/pretendo atuar?

Como consome informação?

  • Pela internet?
  • TV?
  • Jornais e revistas?
  • Quem influencia suas decisões de compra?
  • Compra pela internet?

E mesmo apenas esses dados demográficos, geográficos e comportamentais não são suficientes para que você descubra o que faz ou faria seu público comprar de você e não de seu concorrente.

Se você quer definir o perfil do cliente perfeito, faça algumas das seguintes perguntas para sua audiência ou procure informações para descobri-la.

Quanto mais específico, maior valor terá a definição da persona para seu negócio.

Monte seu avatar, dê um nome a ele ou ela e construa a história de sua vida, respondendo a mais algumas questões:

  • Que filmes ou programas de TV assistem? Músicas preferidas? Livros de cabeceira?
  • Com quem conversam e o que vivenciam no seu dia a dia?
  • Se preocupam com a saúde? Praticam exercícios? Mantém uma alimentação saudável?
  • Como é sua rotina?
  • Acessam redes sociais? Quais? Quantas vezes por dia?
  • Quais suas maiores dores? Não ver os filhos crescer? Não ter tempo para cuidar da própria saúde?
  • Quais seus maiores medos? Perder o emprego na crise? Falhar no casamento?
  • Quais suas objeções? Não fazer compras pela internet por não confiar no que está sendo oferecido?
  • O que elas desejam para a própria vida? Seu propósito, seus maiores sonhos…
  • O que impede essa pessoa de realizar esse sonho? O que ela pensa em fazer a respeito?
  • Em que formato consomem informação: em texto, áudio, conteúdos visuais, vídeos? Com que frequência? Em que momento do dia?

Quanto mais detalhada for esse pesquisa pelas características de seu avatar, melhor!

Não significa que todas as pessoas do seu nicho terão exatamente estas mesmas particularidades.

Mas, quanto melhor você entender seu público, maiores serão as chances de criar conteúdos memoráveis e produtos que atendem às expectativas da sua audiência.

A melhor maneira de obter esses dados é fazendo uma pesquisa com os seus seguidores, caso você já tenha uma audiência.

Se não, pesquise seu mercado, os leitores de outros blogs do mesmo nicho e seus comentários.

Use um pouco da sua imaginação também para complementar os dados que você não conseguir coletar.

Quanto maior a compreensão do que está impulsionando seu público a buscar soluções, maior será o arsenal de assuntos a serem abordados em seu blog (ou ideias para seus produtos).

E não perca o infográfico “Como definir sua persona: desvende a mente da sua audiência para criar o produto perfeito e turbinar suas vendas” para traçar corretamente o perfil do seu público-alvo.

E mais assertivo será seu posicionamento no mercado.

Por que ser diferente e não o melhor: a batalha pela diferenciação

Posicionamento-04

Conhecer sua audiência, saber o que ela busca e corresponder exatamente às suas expectativas já fará seu blog/site percorrer metade do caminho para o posicionamento perfeito.

No entanto, se você for apenas mais um, sem apresentar algo que o diferencie imediatamente de seus concorrentes, seu conteúdo se perderá na infinidade de textos da internet.

Aliás, no infográfico “Marketing Viral: como produzir conteúdos altamente contagiosos”, você encontra as principais características em comum dos conteúdos que viralizam na internet.

Mas saiba que conteúdos e produtos são extremamente fáceis de serem copiados e replicados aos montes.

Por exemplo, quantas marcas de canetas você conhece? Muitas, não?

Os produtos em si servem para o mesmo propósito e são dotados de características semelhantes.

Mas quantas marcas de caneta conseguem gerar valor, aumentar o status e ser símbolo de elegância como a Mont Blanc?

Porque algumas mulheres gastam fortunas em bolsas Louis Vuitton, sendo que existem réplicas iguais em termos de produto?

Ou por que algumas pessoas compram somente carros da Fiat mas nunca da Renault?

Simples: elas se identificam com os valores da marca, que são diferentes das demais empresas do mercado.

Diferentes, nem melhores, nem piores.

Mas acabam por serem as melhores na mente dos seus consumidores.

Este conjunto de características é o que difere a oferta de uma empresa para outra e dificilmente, ou arrisco dizer, nunca, serão copiados.

Estratégia de diferenciação

Seu blog, site ou negócio são extensões da sua marca pessoal.

Transmitir seus valores, crenças e ideais em seu conteúdo, fará com que outras pessoas, com interesses semelhantes, se identifiquem com sua mensagem.

Inclusive, se você deseja se conectar com seu leitor, deixe que ele conheça um pouco mais da sua história através de uma página “Sobre” bem elaborada. Falo da importância dela aqui.

E quais são as estratégias de diferenciação mais utilizadas?

  • Superioridade: eu sou o melhor do mercado;
  • Distintividade: não há nada parecido com o que ofereço no mercado;
  • Produto: design, durabilidade, usabilidade, formato do conteúdo;
  • Serviço: suporte, entrega, treinamento, consultoria;
  • Pessoas: mais credibilidade, confiança, melhor comunicação;
  • Imagem: a marca pioneira, a mais conhecida, a mais comprada.

Desde o início, o Viver de Blog adota uma estratégia de diferenciação: o formato de conteúdo e o design.

Enquanto a maioria dos blogs sobre Marketing Digital estavam seguindo o padrão de publicações diárias, com artigos curtos de no máximo 500 palavras e sem profundidade, resolvi investir em publicações semanais, mas de qualidade.

Verdadeiros guias completos.

Também percebi que era raro encontrar infográficos nesse nicho e resolvi investir nesse formato de conteúdo.

Como era um meio de comunicação bem diferente e útil, com várias dicas e dados sobre marketing digital, as pessoas relacionavam o blog com esse conteúdo diferenciado.

Minha estratégia de diferenciação estava alinhada àquilo que meu público alvo desejava e assim o posicionamento do Viver de Blog começou a ser “impresso” na mente dos leitores.

Além do conteúdo diferenciado, você precisa mostrar domínio em sua área de atuação.

Em outras palavras, se posicionar como autoridade em seu nicho de mercado, lançar tendências, sempre se manter atualizado e entregar qualidade em tudo que faz.

E se você quer criar sua própria legião de fãs memoráveis, não perca esse vídeo que gravei contando quais as estratégias uso no Viver de Blog para atrair e manter uma audiência sempre engajada.

Posicionamento estratégico através do Marketing de Conteúdo

Posicionamento-05Voltamos ao conceito: posicionamento= segmentação + diferenciação

A essa altura você já deve saber para quem quer produzir conteúdo e qual será o fator de diferenciação que irá utilizar em seu blog ou site.

Recapitulando, para o posicionamento perfeito na mente da sua audiência, você precisa:

  • Conhecer sua habilidade única;
  • Saber como gostaria de ser reconhecido por sua audiência;
  • Saber em que nicho de mercado quer ser uma autoridade;
  • Quem é seu avatar;
  • Como você pode ajudar essas pessoas;
  • Quais os benefícios que sua audiência terá de seu conteúdo? Melhora na saúde mental? Sucesso na carreira? Felicidade?

Quanto mais você trabalhar a posição que deseja ocupar no mercado através do seu conteúdo, maiores as chances de isso acontecer de fato.

Assim como o Viver de Blog passou a ser reconhecido como um blog com design e conteúdos de qualidade, eu passei a ser uma autoridade em blogs dentro do meu nicho.

marketing de conteúdo quando bem trabalhado irá gerar mais tráfego, mais audiência e mais conversões.

Apesar da grande importância, implementar uma estratégia de marketing,  pode não ser tão simples, e ter um passo a passo na hora de montar seu Plano de Marketing Digital, é essencial para o sucesso do seu blog.

Mas o mais importante: irá gerar valor para sua marca, para seu negócio ou para seu site.

E isso não pode ser comprado e nenhum concorrente consegue roubar.

Porque esse é o seu posicionamento ou proposta de valor única.

Podem aparecer até outros blogs e sites melhores que o seu, mas que nunca conseguirão conquistar o seu espaço que você conquistou na mente da sua audiência.

Fatos e estatísticas para Tweetar

  1. (tweet) Seu blog ou site não será capaz de produzir um tipo de conteúdo que atenda às expectativas de todos os leitores pertencentes a grupos diferentes entre si.
  2. (tweet) Mesmo os nichos “mais concorridos” possuem um nível de concorrência muito menor se comparados ao mercado de massa.
  3. (tweet) Um nicho de mercado é uma fatia de um grande mercado, em que as pessoas que o compõem apresentam um mesmo problema ou problemas em comum.
  4. (tweet) Quanto melhor você entender seu público, maiores serão as chances de criar conteúdos memoráveis e produtos que atendem às expectativas da sua audiência.
  5. (tweet) Seu blog, site ou negócio são extensões da sua marca pessoal.
  6. (tweet) Posicionamento= Segmentação + Diferenciação

Conclusão

Posicionamento-06

Um blog ou site com seu posicionamento bem definido e que inspira faz com que seus leitores queiram voltar, acompanhar as atualizações de conteúdo e até mesmo contribuir de alguma forma.

Mostre para o mundo qual seu real valor.

Mostre que você quer promover transformações na vida das pessoas.

Mostre que você sabe como fazer isso acontecer.

A estrada é longa e cheia de desvios, mas quando aprendemos a aproveitar a viagem descobrimos o verdadeiro significado da felicidade.

Todo homem pode transformar um mundo de monotonia e escuridão em um mundo de excitação e aventura” – Irving Wallace

E você?

Conte-nos aqui nos comentários qual é o seu nicho de atuação.

Como pretende explorar sua habilidade única e dividir sua mensagem com o mundo.

E como podemos te ajudar nessa jornada memorável!

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password